About the Journal

Português/Inglês

Conceito:

Letramento Midiático, Informacional e Diálogo Intercultural - Revista Eletrônica Dinâmica (RED)

O conceito da revista MILJournal sustenta os seguintes propósitos:
- auxiliar as pessoas na tomada de decisão no contexto MIL, ou usar o MIL para tomar a decisões;
- incluir intelectuais orgânicos que estão envolvidos com MIL no debate público;
- falar do momento presente e da conjuntura atual, considerando a realidade local;
- integrar a visão acadêmica com a visão prática, considerando a realidade local; e
- refletir como órgãos de estado como se relacionam com MILID.

Considerando, como uma missão da filosofia, auxiliar o cidadão a compreender sua realidade imediata.



Foco e Escopo

A Revista MIL - Letramento Midiático, Informacional e Diálogo Intercultural - é uma publicação trimestral de trabalhos originais e traduções, relacionados com a investigação filosófica, científica e a reflexão fundamentada sobre questões ligadas ao  letramento midiático, informacional e diálogo intercultural de acordo com as diretrizes da UNESCO ou resultados de estudos e pesquisas sobre as atividades de análise da conjuntura atual.

Entende-se letramento midiático, informacional e diálogo intercultural como uma temática concernente ao estudo do presente em todos os campos do saber. Como compreendido pela UNESCO (cf. Alton Grizzle), aponta para uma outra necessidade, a da construção de uma formação sistemática, devido à importância do impacto da expansão das novas tecnologias de comunicação e informação, compreendendo o papel dos estudos da linguagem, dos processos de ensino e aprendizagem, da compreensão da convivência com as línguas e produção de conhecimento locais, incluindo no diálogo diferentes perspectivas que estão ao nosso redor.

Nossos objetivos com a Revista MIL, a partir da reflexão sobre a conjuntura atual, são considerar necessidades que elaboramos conjuntamente como grupo de trabalho ligado ao campo e ao desenvolvimento do que pode vir a ser o letramento midiático e informacional e diálogo intercultural em nossa região e globalmente:

1) a necessidade de elaborarmos juntos redefinições e ampliações de nossos interesses a ponto de atender às reivindicações de outros grupos, contribuindo inclusive para o alargamento do escopo destas reivindicações.

2) Pensar em soluções de problemas sociais, pensando na dinâmica de desigualdade social que se acirra no período da pandemia no Brasil, acrescentando as dinâmicas do período eleitoral de 2022 no Brasil e a circulação de informações no âmbito global.

3) Que o apelo à reflexão que estamos propondo conjuntamente auxilie a desvendar potencialidades de nossa época considerando processos democráticos;

4) Estimular a discussão em torno de traços recorrentes da política brasileira e da política internacional, remetendo-nos à análise acadêmica dessa problemática para promover compreensão e negociação na conjuntura atual.

5) Pensar a defasagem entre a eficácia e a vigência dos valores atuais disponíveis para lidar com memória, verdade e justiça no país e globalmente, como um empreendimento coletivo.

A tensão entre a reflexão filosófica e as pressões sociais se mantém como  elemento central de nosso interesse na perspectiva de uma práxis intelectual que se articula e se envolve (cf. Ailton Krenak) com a realidade, com as comunidades e com o ecossistema. Esse entendimento do papel do intelectual na sociedade está bem elaborado na obra de Michel Debrun, particularmente no seu esforço de pensar a filosofia temática e a importância de compreender o fenômeno da auto-organização (Michel Debrun, 1982).

________________________________________________

English/Português

Concept:

The concept of the MILJournal  supports the following purposes:

- To assist people in decision making in the MIL context, or use the MIL to make decisions;
- to include organic intellectuals who are involved with MIL in the public debate;
- to talk about the present moment and the current situation, considering the local reality;
- to integrate the academic vision with the practical vision, considering the local reality; and
- to reflect on how state bodies relate to MILID.

Considering, as a mission of philosophy, helping citizens to understand their immediate reality.


Description:

The MIL Journal  - Media, Information Literacy and Intercultural Dialogue Journal - is a quarterly publication of original works and translations, related to philosophical and scientific research and reasoned reflection on issues related to media literacy, information literacy and intercultural dialogue in accordance with the guidelines of the UNESCO or results of studies and research on current situation analysis activities. 

Media, information literacy and intercultural dialogue are understood as a theme concerning the study of the present in all fields of knowledge. As understood by UNESCO (cf. Alton Grizzle), it points to another need, that of building a systematic training, due to the importance of the impact of the expansion of new communication and information technologies, including the role of language studies, processes of teaching and learning, understanding living with languages and producing local knowledge, including different perspectives around us in the dialogue.

Our objectives with MIL Journal, based on reflection on the current situation, are to consider needs that we jointly elaborate as a working group linked to the field and the development of what may become media and information literacy and intercultural dialogue in our region and globally:

1) the need to elaborate together redefinitions and expansions of our interests to the point of meeting the claims of other groups, even contributing to the broadening of the scope of these claims.

2) Thinking about solutions to social problems, thinking about the dynamics of social inequality that is intensified during the pandemic period in Brazil, adding the dynamics of the 2022 electoral period in Brazil and the circulation of information at the global level.

3) that the call to reflection that we are jointly proposing helps to unveil the potential of our time considering democratic processes;

4) Stimulate the discussion around recurrent features of Brazilian politics and international politics, referring us to the academic analysis of this issue to promote understanding and negotiation in the current situation.

5) Think about the gap between the effectiveness and validity of the current values available to deal with memory, truth and justice in the country and globally, as a collective enterprise.

The tension between philosophical reflection and social pressures remains a central element of our interest in the perspective of an intellectual praxis that articulates and engages (cf. Ailton Krenak) with reality, with communities and with the ecosystem. This understanding of the role of the intellectual in society is well elaborated in the work of Michel Debrun, particularly in his effort to think about thematic philosophy and the importance of understanding the phenomenon of self-organization (Michel Debrun, 1982).